quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Selva de Pedra.

Corre-corre. Sobe e desce. Descansa um pouco... E tudo se repete. Meu Deus, que mundo doentio! Sendo assim o tempo para amar não é impreterível. Que erro.

23 Imundices:

Mariana Andrade. disse...

não é impreterível
pra que não seja obrigação.
talvez consequência de uma porção de coisas...

como estás, querido? tudo indo bem?
faz tempo que não venho aqui.. tudo muito bom, como sempre.
beijo grande.

Anônimo disse...

Tem dia que acordo com saudade do meu amigo.Que nem nos meus sonhos aparece.
É impreterível

Não tenho medo de dizer da saudade
Dizer da falta que sinto de estar com você
Dividir uma cerveja
Jogar conversa fora
Olhar e ver o quanto és bonito
Ouvir seu silêncio
Dividir um sorriso
Repartir meus espaços
Sentir suas angustias não faladas
Sua energia anunciada
Ouvir das lutas
Das conquistas
Dos amores

To sentindo tua falta

Yasmin F. disse...

O mundo esta doentio e é por isso mesmo que é impreterível que amemos!! Infelizmente os dias de hoje não estão ajudando esse fato, por isso temos que nos esforçar! ;D

Saudade de vccc meu querido amigo!

Cleia Lucena disse...

Erro total.

Bjs carinhosos

aluadaa disse...

com o corre-correr acho que fica impossível de se confiar em alguém q possamos amar!

Juliana Carioni disse...

Está envenenada a terra que nos enterra ou desterra.
Já não há ar, só desar.
Já não há chuva, só chuva ácida.
Já não há parques, só parkings.
Já não há sociedades, só sociedades anônimas.
Empresas em lugar de nações.
Consumidores em lugar de cidadãos.
Aglomerações em lugar de cidades.
Não há pessoas, só públicos.
Não há realidades, só publicidades.
Não há visões, só televisões.
Para elogiar uma flor, diz-se: "Parece um plástico".

Bela reflexão!

Imundices boas, estas!!! haha

beijão Juliana *-*

Juliana Carioni disse...

Ah, autoria do mestre dos mestres Eduardo Galeano! bjos.

Rainha Branca | Loli disse...

Não é impreterível - e já viu que é por isso que acaba sendo eterno enquanto dura? E por isso mesmo podemos sonhar em meio a tanto corre-corre com um amor verdadeiro e não algo como uma simples fantasia que alguém interpreta junto conosco em prol de alguma coisa, como por exemplo trabalhar, que é algo impreterível se vc quiser ter sua vida própria *logo*?

E já viu que se não fosse este corre-corre, não daríamos valor ao tempo livre que temos, alguns, apenas uma vez por semana e as vezes nem isso?

É curto o seu poema, mas muito bonito!
Beijos =*

Reh.invente disse...

Sabe o que isso significa né que as pessoas não amam nem a si mesmas quem dirá a terceiros

Fran disse...

Deixar o amor para depois é realmente um dos erros que nós humanos cometemos, às vezes por medo, outras por insegurança... Mas quase sempre por burrice mesmo.

Beijos querido !

Layla Barlavento disse...

Ledo engano meu amigo sumido. O tempo de amar além de sempre é sim impreterível independente de quão louca sejam nossas vidas.

Beijos na alma!
Layla Barlavento
culpadowalter.blogspot.com

nada complicada disse...

Acho que amar tá mesmo muito difícil e precisa de muito muito tempo, por falta de tempo ultimamente só amo o cara errado do jeito errado, sem tempo pra analisar o que estou sentindo, termino confundindo tudo e no fim o amor nem era amor... na verdade eu quero tempo pra descobrir o amor...

bjs pra vc bonito

Rita de Cássia disse...

oi meu querido! tudo tranquilo?
saudades de vc,
vim te sujar um pouquinho.
Gosto de te ler por isso: essas verdades sutis, fazem refletir a quem tem cérebro, quero dizer coração...
é difícil hoje em dia amar,pois como disse nada complicada,a falta de tempo é desculpa pra muitas coisas, até para as guerras:" desculpa, ñ temos tempo para a paz.."
e por falar em tempo, ñ te sujei aki antes por falta dele mesmo... ô desculpinha esfarrapada. meu pc tava com defeito.
bjos

. pamela moreno santiago disse...

olá. passando pra divulgar meu blog e dizer que o seu tá simplesmente foda!
seguindo aqui. espero que goste e que siga o meu também.
beeeijinhos e espero você lá :D

Solange disse...

putz...

que verdade absolutamente escancarada.

e, o que fazer, porra ?!?!?!

amei.
beijo

Faby Crestfallen disse...

depois dizem que louco é aquele que ama inconsequentemente... loucura é viver nessa roda gigante maluca!
abraços fraternos

Mulher na Polícia disse...

Oi Imundo!

É impreterível sim, oras, tanto que vim saber notícias suas.
Tá tudo bem?
: )

Beijos!

Norma Lúcia* disse...

nossa, adorei o teu blog, muitooo! Estarei sempre por aqui!
Bem, quando puder, dá uma passadinha pra conhecer o meu, viu? Espero que goste!
http://passandoprarir.blogspot.com/
beijocas.

. pamela moreno santiago disse...

Passando só para divulgar o novo blog que faço parte: One Bitter Coffee. Entre e saboreie as delícias de um café amargo.
Beijos ;*

ps: não se esqueça de visitar também o Cereza Ambulante. *-*

Lisa Alves disse...

Eterno Retorno ou eterno erro?

Mulher na Polícia disse...

Menino...

Kd vc???
Dá notícias pra gente!!!
rum!

: )

sodade.

Não me perder em minha vida disse...

Você não tinha o direito de parar de escrever.;ou será que tem???Vai ver que nem parou

Ana Wants Revenge disse...

e pouca coisa nem vale o desamor. :)

saudade daqui! :)
.
.
.
beeeijo

Postar um comentário

Suje a vontade...