quarta-feira, 30 de junho de 2010

Espelho.

Quando estou aqui
Estou entre espelhos
Me vejo e revejo
Enxergo amigos, irmão
Sonhos e pesadelos
Vejo a parte humana
Que a sociedade
NEGLIGENCIOU
Vejo a liberdade
Que a falta real
De oportunidade roubou
Vejo e sou visto
E sei que são os sonhos
Que nos mantém vivos
O meu, que o futuro de vocês
Seja diferente
E os seus de viver
Livre novamente.

*Atualmente eu sou arte-educador na Fundação CASA - Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente, antiga FEBEM, dou aulas de Literatura Marginal para os adolescentes e se tudo der certo até o final do ano lançamos o nosso primeiro livro de poesias escrito pelos meninos é claro! Um abraço caloroso a cada um e a cada uma de vocês que aqui ajudam a sujar!

13 Imundices:

Allyne Araújo disse...

ahhhhhhh que lindo Imundo!!!!!!!! parabens!!!!!!!! beijos e saudades moço!!!!!!!! srsrsr

Renata Bezerra disse...

Ah, se todo mundo fosse imundo como você... O mundo seria um lugar mais limpo pra se viver!

Um beijo.

Cleia disse...

Que sumiço em!! E o texto como sempre muito lindo.

Layla Barlavento disse...

Espero a publicação! Avisa aos mortais ok?

Layla Barlavento
Culpadowalter.blogspot.com

Líviis disse...

Parabéns pelo poema e pelo trabalho com os meninos. E concordo, são os sonhos que nos mantém vivos. Voltei a aparecer, espero novas postagens.
Abraços!

Reh.invente disse...

A culpa é de deixarmos a sociedade nos modular... e o pior de tudo é viver o rotulo que elas colocam em nós. O que temos que pensar que nunca é tarde para tirarmos esse rotulo e aí sim viver. .

Quanto aos demais te admiro pelo o trabalho!

Mayara disse...

Bem marcante a poesia, muito linda! Parabéns pelo projeto com os meninos da Fundação Casa. É um excelente projeto, dá oportunidade para que meninos mostrem seus talentos, mostrem ao mundo as belezas que podem produzir.
Desculpa o sumiço, volto mais vezes. x)

Beijo!

Vanessa disse...

Tomara que de tudo certo é que vc's consigam lançar este livro.
Sobre a imundice eu não encontrei, acho tudo limpo é Lindo. Parabéens :*

Jaqueline Bertoldo disse...

Marcando presença por aqui. Nem preciso dizer que adorei né. Parabéns também pelo trabalho, e boa sorte com o livro! abraços.

Nathi Delacroix disse...

"NEGLIGENCIOU" em garrafais fez toda a diferença!

Ótimo!

Laysla Fontes. disse...

É a Literatura libertando, de pouquinho em pouquinho. Quer coisa mais bonita?! Parabéns, para você e para eles.

Ps.: Demorei, mas voltei a te visitar. :)

Rafael Castellar das Neves disse...

Ótima iniciativa...tomara que tenha uma "terminativa" para isso....

[]s

Ananda Cavalcanti disse...

lindo projeto, amigo! to daqui torcendo! beijoooos

Postar um comentário

Suje a vontade...