quarta-feira, 17 de março de 2010

Carta ao Amor.

Eu te amo tanto que eu sofro de saudades. Essa dor que eu sinto por todo meu corpo é imensurável. É sempre assim, basta eu estar vulnerável, precisando do seu colo, querendo o seu abraço, mas não, você ainda não está aqui. Eu ainda não tenho o seu sorriso, eu ainda não posso contar contigo, mesmo assim eu luto contra essa angústia que eu sinto de não poder te ter, porque eu sei que talvez não seja hoje e nem amanhã, mas um dia você virá como a primavera que traz a alegria, como o verão que aquece a chama da paixão e nem mesmo o dobro do sofrimento que eu sinto hoje seria capaz de me fazer renunciar da felicidade que está por vir quando eu te encontrar.

"Há tempos não tenho tempo de ter tempo". Quero dizer que fica mais difícil visitar o blog de vocês, eu tenho mania de visitar todos os blogs que eu sigo e se eu sigo é porque eu gosto e se eu visito não é porque eu recebo comentário e sim porque eu gosto de ler o que as pessoas tem a escrever! Infelizmente pela falta de tempo vou retribuir apenas o carinho daqueles que tem passado por aqui, mas assim que for possível eu visito os 70 blogs que eu sigo. Abraços.

19 Imundices:

Ananda Urias disse...

sempre escrevendo para quem ainda não chegou, mas chegará! Beijos, querido amiguinho, ou será que isso machuca a sua hombridade? HAHAHAHAHAHAH

brincadeirinha..

poema lindo como sempre.. :~

Tiburciana disse...

Calma já to chegando já rsrsrsrs
E com minha chegada todos problemas deixaram de existir.
E os que persistirem encontraram NOSSO calor NOSSO apoio mutuo encontrará a NÓS.
Huaaa amei ler isso como se tivesse escrito a mim ADORO ME ILUDIR
kkkkkkkkkk
Beijos e to com saudades

Tiburciana disse...

ué cade meu comentario??

- maria elis disse...

isso me fez lembrar a música 'dias melhores' do jota quest *-*

beijas :*

Fabi disse...

Porque não unimos nossos sentimentos e juntos escremos uma carta quem está por vir? rsrs esses dias só tenho feito isso tmb... nossa vai chegar!!! boa sorte!
beeijos

LLacerda disse...

=( isso é muito ruim .

Allyne Araújo disse...

muitooo lindo!!!! ta perdoado viu?!! srsr beijao!!!!!!! e fique bem!

Luciana disse...

Me fez lembrar da música "quando eu te encontrar", do Biquini Cavadão.
É bom quando é desse jeito, quando a gente sente de tudo, mas não desiste apenas pela esperança e certeza da felicidade que virá.

Vale a pena.

Beijo!!

ps. voltei com a Caixa xD

Diu Mota disse...

Não é amor platônico, é? Já tive o meu...
inté

Renata Bezerra disse...

Estou nessa fase... Amor ao vento...

Abraço.

Verônica disse...

Lindo texto, muito lindo mesmo..
sempre passo por aqui, mais acabo esquecendo de deixar minha marca! Adoro tudo isso aqui.

Senti sua falta.. Mais eu entendo!
Beeeeeeijos

Laysla. disse...

Fica sabendo que as cartas, geralmente, são respondidas. Não é uma boa notícia?! O amor se sentiu procurado. Basta, agora, que ele vá ao encontro.

Gosto muito daqui. :)

nada complicada disse...

Ah o amor, uma vez li uma frase do Paulo Coelho (não gosto muito dele, mas às vezes ele diz coisas interessantes), enfim a frase é "não existe amor em paz"... ele tem toda razão, a graça de amar é esse sofrimento gostoso rsrsrs...

Adorei a visita lá no meu blog, ele tá meio às moscas, mas vou atualizar loguinho, prometo...

um beijo e um sorriso pra vc

Mulher na Polícia disse...

Hummm

Não me fez bem, ler esse post, Imundo.
Não!!! Claro que a culpa não é sua...
A culpa é de um outro aí.

Nada demais, alguém falou quase a mesma coisa pra mim. E eu quase acreditei, mas sabia que era impossível de ser verdade. Mesmo assim ainda dói, lembrar.

Um beijo!

ana wants revenge disse...

*suspira*

e passa-se a vida esperando...

beijos
.
.
.

Layla Barlavento disse...

É, eu sei... Estive ausente... Mas minha vida também estava muito atribulada, assim como a sua. Mil perdões por não ter te visitado com a frequencia que gostaria...
Agora o texto: li os comentários anteriores, mas mesmo assim não posso deixar de ser lugar comum e dizer que desejei que fosse escrito pra mim. Uma coisa que talvez te ajude: pare de procura que você encontra. Foi assim comigo!

Beijos na alma!
Layla Barlavento
culpadowalter.blogspot.com

Tiburciana disse...

Bjos MEU IMUNDO PREFERIDO
Saudades das suas palavras

DESASSOSSEGADA disse...

Voce ta precisando de um abraço... Legal mesmo se fosse um abraço surpresa...


Passei para agradecer a visita e o comentario em meu blog, volte sempre que quiser.

Bjos

Luana Gabriela disse...

Ai eu também não tenho tdio tempo de passear pelos blog´s.. tava com uma saudade daqui... que texto é EXATAMENTE o que eu tenho a dizer.

Bjos

Postar um comentário

Suje a vontade...