segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Ain't No Mountain High Enough

Sinto a música tocar meu coração na sala vazia, sozinho me perco nas lembranças e vejo como o tempo passou. Ele sempre passa, só o tempo é atemporal. Levanto, meu corpo dói e o tempo também afetou o meu velho sofá que parece querer sugar-me cada vez mais. Abro a janela, não sinto o sol, o dia está cinza, a manhã até parece um filme em preto e branco, respiro, como é bom respirar. No rádio a trilha sonora de uma única música repete pela décima vez e eu me ponho a dançar. Danço do meu jeito, a música invade a alma e promove um êxtase, me perco. Me perco para depois me encontrar, para seguir, continuar mesmo quando o corpo diz já é hora de desistir.

*Ain't No Mountain High Enough - Marvin Gaye (para quem quiser alimentar o coração, porque o tempo segue e não costuma esperar).

18 Imundices:

- maria elis disse...

também tenho mania de deixar a mesma música se repetir por várias vezes e dançar ao meu jeito, me sinto livre quando faço isso (:

beijas :*

Tiburciana disse...

Desistir nunca, quanto maior é a vontade de desistir é quando mais devemos seguir(nossa realmente sou contraditoria as minhas teorias )
E quanto a dançar ...
Como eu queria saber dançar
bjos querido e uma otima semana

Allyne Araújo disse...

adorei, tenho essa mania tb.. rss!!! beijos!!!

Sil disse...

Hum...

Mas que post mais romantizado...

Adorei!

Bjos

Natália Corrêa disse...

Eu não sei dançar, mas eu sei cantar desafinada, e quando o faço gritando, sinto que não há montanha tão alta que minha voz não alcance. É quando eu acredito que Deus me ouve...

carol sakurá disse...

A música me liberta e me dá asas nos momentos de desistir.
Beijos!

Luciana disse...

Por isso que admiro o poder da música.
Ela nos proporciona momentos como esse que tu descreveu, uma dança onde nos perdemos e nos achamor para continuarmos sempre.

Por que, como disse Cazuza, o tempo não pára. E nós também não podemos parar.

Beijo! ^^
Ps. para a minha tatuagem falta a coragem e o dindin também xD kkkk

Ferdi disse...

E mesmo linda, né? :~

Dani disse...

Valeu pela visita e as palavras...
Abraçooo
Faxina

Yasmin F. disse...

EU AMO ESSA MÚSICA!!

Perfeita... v já viu ela no filme Lado a Lado com a Julia Roberts?
=*

Segredos de Liquidificador disse...

Ouvir e deixar ouvir - se em silêncio!
Grande Arte.
Beijos

Madame Morte disse...

Nos piores dias são os dias em que se aprende alguma coisa.No mínimo se aprende a aceitar o tempo.

Mayara disse...

Lindo! Você escreve muito bem, parabéns.
A música tem esse poder; ela fascina, comove, inspira.
x)

Mayara disse...

Ah, adorei a imagem do seu blog.
"O amor é importante.porra"
x)

Ananda Urias disse...

eu simplesmente AMO essa música e o Marvin Gaye é tudo de bom!

Música também faz isso comigo.. me enche.

Natália disse...

Desistir não podemos jamais. Beijo

Erica Vittorazzi disse...

É, a dança faz isso com a gente. Dancei tanto por estes dias que estou com os meus dois tornozelos de cama. Estou de repouso, mas a minha alma não desistiu não. Agora danço com as mãos...

Allyne Araújo disse...

me lembro de ouvir essa musica entre as cenas de um filme e outro ali.. me apaixonei por ela de cara.. "Não há montanha alta, não há vale profundo, não há rio largo o suficiente, baby"... simplesmente linda!!!!

Postar um comentário

Suje a vontade...