sábado, 16 de janeiro de 2010

Mais do que sonhos. Por que não?

Como são seus sonhos? Por acaso eles refletem algo pessoal? Trazem seus medos? Mostram seus desejos? Ou apenas são lembranças de outras vidas que vocês vivem ou viveram em outras dimensões? Quanto aos meus, não sei. Nada é absoluto nesse mundo e sabemos bem pouco para termos a audácia de afirmar, embora afirmemos, embora acreditemos nas afirmações de outros. Qual é a primeira coisa que vocês fazem após acordar? Eu tenho o hábito de lembrar do sonho que estava tendo e refletir sobre ele, faço isso automaticamente todos os dias e não importa se são dias de ressacas, dias tristes, alegres ou apenas dias que parecem normais e sem graça. Todos os meus sonhos são tão reais que pra mim não são sonhos, são vidas vividas em outras dimensões, outras situações e é nisso que eu prefiro acreditar, mesmo não sabendo explicar, mesmo parecendo ser a coisa mais tola que vocês possam vir a ler, mas de novo, não pra mim. Pensei em dessa vez narrar o sonho que tive, mas infelizmente eu acordei antes do fim e vai ver ele terminava ali mesmo, mas um dia, talvez, eu o faço com outro sonho.

5 Imundices:

Mariana Andrade. disse...

eu nunca lembro dos meus sonhos, nunca. e, quando lembro, não sei bem se eles querem me dizer alguma coisa. só os tenho quando estou acordada, e vejo as coisas não tão nitidamente, mas paro um pouco de prestar atenção nas tragedias e tantas outras coisas que acontecem, e passo a imaginar outras, melhores pra mim.
por tal, gostei bem dessa tua teoria de viver em outras dimensões, achei bonito, achei satisfatório, e acho que vou roubá-la pra mim aheuhae

beijos.

Fabiele Penco disse...

Acho que deveria ter contado sim, mesmo
não tendo um 'fim'. Nossa imaginação até
criaria um desfecho diferente(risos).Sem querer se meter em seus sonhos.
Eu sou um desastre até pra sonhar.Sonho
sonhos lindos e ruins, mas não me lembro como foi, geralmente no decorrer do dia ou quando vou me deitar, passa alguns flashes do que sonhei. Se pudesse escolher meu onde de mais tarde, sonharia que me mudava do rio para um lugar frio,como Gramado(RS), algo do tipo,trabalharia num TJ perto do meu apartamento e em um cômodo teria todas as parades repletas de livros. Eu indo trabalhar com muitos dos meus livros em mãos e alguém esbarrasse e derrubasse os livros no chão...
Acho que o resto você pode continuar(rs).
Sei lá apenas um sonho o qual me lembrasse no outro dia e pudesse se tornar real. Assim ao menos dormindo eu seria feliz.

Patrícia Boudakian disse...

Eu tenho um séria problema-dilema com sonhos, um dia contarei com calma no meu blog. Obrigada pela visita. Vim aqui retribuir e por fim virei sua seguidora. Adorei como escreve. Beijo.

mary g. disse...

Dos sonhos, só tenho uma certeza: não os desejo.
O desejo tira algo que só os sonhos podem dar: esperança.

Beijo.

Natália Corrêa disse...

Eu lembro dos meus sonhos assim que acordo, mas logo que abro os olhos as lembranças somem, como se os olhos fossem ralos por onde os sonhos escorrem. =x

Postar um comentário

Suje a vontade...